Arrebatamento (2016)

Eliã Oliveira

Compositor: ELIÃ OLIVEIRA

De repente haverá um alarido em toda Terra
Desespero e aflição tomam conta de toda esfera
A mãe procurando o filho, mas não consegue encontrar
O alarme é geral na Terra, no Céu e no mar
Carros chocam-se nas ruas
Navios perdem-se nos mares
Aviões sem seus pilotos arrebentam-se nos ares
A mãe na maternidade amamentando o filho seu de
Repente ela olha nos braços? Cadê o meu filho?
Desapareceu
A filha não voltou pra casa, nem o esposo regressou
E alguém desesperado pergunta: O que será? O que foi?
Quem seqüestrou?
Há um grito nas Américas, na Rússia e no Japão
Desespero na Europa, no Egito destruição e aqui no
Brasil sumiu milhares de cristãos

Ah, é a volta do Senhor
Ah, é a volta do Senhor
Ah, é a volta do Senhor
Jesus Cristo apareceu e sua igreja arrebatou

E a igreja lá na glória canta um hino da vitória
Dando honra, dando glória ao cordeiro que foi morto e
Reviveu
Cordeiro santo, imaculado, que por Deus foi separado
Adorado, exaltado, proclamado para sempre Filho de
Deus

Eis aqui nos fica o mistério: Na verdade nem todos dormiremos
Mas todos seremos transformados num momento, num abrir e fechar de olhos
Porque a trombeta soará e os mortos ressuscitarão incorruptíveis e nós seremos transformados
Porque convém que isto que é mortal se revista da imortalidade
E isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade
E quando isto que é mortal se revestir da imortabilidade
E isto que corruptível se revestir da incorruptibilidade
Então cumprir-se-á a Palavra que está escrita: Tragada foi a morte da vitória
Onde está, ó morte, o teu aguilhão?
Onde está, ó inferno, a tua vitória?
Porque somente um poucochinho de tempo e o Há de Vir virá
E não tardará, Jesus está voltando!
Prepara-te!

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital