Jefté

Eliã Oliveira

Compositor: Jair Santos Oliveira

O gileadita, valente e valoroso Jefté
Era filho de uma infame mulher
Por isso ele foi rejeitado
A sua família deliberadamente o expulsou
Saiu de sua casa sem valor
E assim ele foi desprezado

Correu fugindo de sua casa e foi para outro lugar
Mas no controle disso tudo estava Jeová
Jefté na terra de Tobe habitou
E o seu exército ali formou, de homens vis e desprezados
Como é que alguém poderia imaginar
Que este homem Deus queria usar pra lutar pelo seu povo

Declamação:
E aconteceu, pois que como os filhos de Amom pelejaram contra Israel
Foram os anciãos de Gileade buscar Jefté
E disseram: Vem e ser-nos por cabeça
Para que combatamos contra os filhos de Amom
Porém Jefté respondeu: Porventura não me aborrecestes a mim
E não me repelistes da casa de meu pai?
Porque, pois agora vieste até mim quando estais em aperto?

Deus agora muda o quadro
E o rejeitado, exaltado é
E os anciões de Gileade vão com humildade chamar Jefté
Só Deus pode fazer isso
Encher de prestígio quem não tem valor
Jefté se torna líder do povo que o rejeitou

Quando Deus quer exaltar
O gileadita tem que se humilhar
E o amonita vencido será
Pelas mãos daquele que Deus quer honrar

Quando Deus quer exaltar
Não importa o desprezo, nem a solidão, nem humilhação
O Senhor levanta quem é desprezado
E faz dele um campeão

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital