Sinais do Arrebatamento

Eliã Oliveira

Compositor: Não Disponível

Olha, e contempla os sinais do arrebatamento
Tá escrito na bíblia o que estamos vivendo
O que Cristo falou é evidente na terra
É notório no céu, é visível no mar
Ouça, os rumores de guerra, homens se matando
Destruição em massa, corpos em pedaços
São jogados ao chão descartados como um papel

Igreja, que não sente a presença ardente do Espírito
A oração já perdeu seu lugar, há um gemido
É o Espírito Santo que está entristecido

Tempo de santificar
Tempo de conserto
Tempo de perdão
De reconciliação
Num abrir e fechar de olhos
A igreja subirá

Desperta, enquanto é tempo, é já à última hora
Desperta, te prepara, a hora é agora
Jesus já vem, Jesus já vem
Buscar seus escolhidos

E quando a igreja for arrebatada, homens correrão de uma parte para outra
Em total desespero, gritando e dizendo

Sumiu, da terra um povo diferente
Sumiu, um povo que se chamava crente
Sumiu, um povo que falava a verdade
Que protestava contra a iniquidade
Sumiu, os santos, os fiéis, os eleitos
Sumiu, da terra aquele povo barulhento
Sumiu, e foi morar no céu com Cristo
E agora a terra está entregue ao anticristo

E na nova cidade, vamos ver o rio da vida
E no meio da praça, está a árvore da vida
E as folhas da árvore, servem pra nossa saúde
Onde não há doença, nem tribulação, nem dor
Lá é amor verdadeiro, é amor sem fingimento
Nós seremos herdeiros da glória, além do tormento
Com a Santa Trindade, numa harmonia gloriosa
Livres da falsidade, opressão do vil tentador

É necessário estar pronto
Porque a hora é chegada
Ou na primeira vigilia
Ou mesmo de madrugada
Para não ficar chorando
Quando o Senhor voltar
Pois o arrebatamento, cuidado, já perto está

Pois o arrebatamento cuidado, já perto está!

©2003- 2017 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital